Posts Marcados Textos

Qumran – O Livro de Gênesis

Bom galera, como havia dito, estou escrevendo um livro. Nunca escrevi um antes, e acaba se tornando um mistério para eu saber se está sendo bem escrito ou não. Opinião de amigos sempre tem um “quê” de puxa saquismo. Mas vocês, como bom leitores que são, adoram criticar, principalmente quando eu falo mal de religião, e eu gosto disso.

E adivinhem sobre o que o livro trata? Acertou quem disse Religião. Mas não pense que estou falando mal, muito menos bem, ou coisa do tipo. Pretendo “refazer a história” de um modo fantástico, envolvendo magia e características medievais, da época do surgimento do Protestantismo, época turbulenta na Europa. Mesmo que eu declare sempre que não gosto de religião, gosto do lado mítico dela. Sou fã de Mitologia Grega, da Nórdica, Egípcia e inclusive a Cristã.

Acabo atualizando pouco o blog por estar escrevendo esse livro, então pensei: “Por que não postar partes do livro no blog, sem revelar muito o enredo, e gerar posts com conteúdos ao tempo que faço uma propaganda do meu trabalho?”

Eis o resultado:

Era uma noite fria, e pouco iluminada pela luz da lua, que esta hora reinava sobre a Terra; seis pessoas estavam reunidas em um local que parecia estar abandonado. Trabalhos artesanais, jogados ao chão como se nada valessem; vitrais, que deveriam esbanjar cor e brilho, opacos e deteriorados; estátuas em estado avançado de corrosão, tornando impossível dizer a quem homenageavam.

Seis pessoas com trajes simples, equidistantes umas das outras e ao objeto que se localiza no centro, um altar, esculpido numa bela pedra. Em cima, um amontoado de panos, não qualquer, uma fina seda, usada somente pelas altas classes da sociedade. As pessoas sorriam e pareciam aguardar por algo, mas ao mesmo tempo em que demonstravam estar felizes e descontraídas, deixavam transparecer um semblante de quem se preocupa e tem medo. Mesmo sob a luz das tochas, que davam ao cenário um ar ainda mais sombrio, conseguiam transmitir paz umas às outras, sustentando um clima tranquilo e seguro.

O silêncio foi bruscamente interrompido pelo estrondo das portas sendo abertas como trovões. Apesar do barulho dos metais entrando em contato com o solo, com tremenda força, nenhuma reação foi vista dos seis primeiros que ali se encontravam, porém, o clima já não era mais o mesmo. “Revistem o altar”, gritou um dos que primeiro adentraram ao local.

Cada uma das cinco pessoas foi algemada por outras três, vestidas de nobres armaduras que reluziam em resposta à luz das tochas. A seda fora jogada ao chão e revelou-se como uma simples pilha de panos, ainda que valiosos. Era notável a cara de espanto, nada estava sob o pano. Logo o silêncio foi substituído por uma risada, vinda daquele que parecia comandar os soldados.

— Então é isso que têm a nos oferecer? Não vão nem ao menos reagir? —, reclamava o Capitão em tom de deboche mesclado com fúria. — Bom trabalho! —, disse olhando para o único, dentre as seis pessoas, que foi livrado das algemas.

_____________

Gostaria de ouvir a opinião de vocês, sobre o uso da linguagem, o tema, etc. Daqui um tempo postarei mais trechos, mas não será em ordem para não revelar muito sobre o enredo.

Matheus Carvalho

, , , , ,

5 Comentários

HomofobiaNÃO Vs. HomofobiaSIM

É isso mesmo que está rolando no Twitter. Parece que basta haver um pequeno gatilho para que pessoas mostrem ao mundo o quanto são preconceituosas e ignorantes. Felizmente não são todas assim.

Já me pediram para parar de associar coisas ruins à religião, até pensei que estava realmente exagerando, mas me enganei. Parece que tudo gira em torno da fé, do fanatismo. Assim como dizem que deus ama o pecador, mas não o pecado, penso em algo bem parecido, odeio a religião, mas não o religioso. Não todos. Acordem, vocês são milhares de vezes melhores que certas doutrinas que espalham por ai, como sendo “paz e amor”, mas que na verdade tratam sobre paz somente para com aqueles que seguem o mesmo pensamento que você. O resto? Que vá pro inferno. Literalmente.

Que amor é esse que aparece somente quando direcionado ao seu “irmão de fé”? Os que não compartilham da mesma filosofia não são seres humanos? O que você acha certo, tem que ser uma verdade universal? Digo, o que sua religiao acha certo; a maioria dos religiosos não questionam as coisas, simplesmente aceitam o que está nas escrituras “sagradas”.

O gatilho mencionado foi o fato de ter sido elaborada uma lei que garante o direito dos homossexuais. Um pouco diferente do caso dos “nordestitos”. Veja esse post caso não tenha entendido o por que de “nordestitos” = nordestinos.

Entenda o motivo da postagem:

Não sei como podem considerar isso como ‘sagrado. Queria saber como as pessoas ainda têm coragem de dar algo desse tipo para que seus filhos leiam. Merece pelo menos um “Puramente ficção” e “+18” na capa, não acham?

Veja os tweets que levam a tag #homofobiasim

Matheus Carvalho

, , , , ,

150 Comentários

Brasil, um país para todos?

Não é bem assim que todos pensam. Não é de hoje que o preconceito contra o nordeste acontece na internet, mas parece que as coisas ficaram bem mais explícitas com a eleição, e a popularização do Twitter, onde cada um diz o que quer. Tudo que vira TT o povo agora twitta para tentar conseguir o máximo de Rt’s e followers possíveis. Quando digo tudo, é tudo mesmo.

Nunca fui contra piadas sobre o sotaque das pessoas, nem sobre a origem delas, quando levado num tom de brincadeira. Mas digam se isso se encaixa numa piada.

A maior parte deste tipo de comentário está vindo do Sul e do Centro-Oeste. Sabe por que? Pelo simples fato de Serra ter ganho maioria dos votos nesse estado. O Sudeste acaba entrando de intrometido.

Quando comecei a escrever este post  planejava colocar o link do blog, e orkut, da menina da primeira imagem, mas acompanhando os comentários do pessoal, vi que seria completamente inútil pois a galera simplesmente está xingando e tentando, ao máximo, humilhar a garota, que é estudante de direito. Sério, pra que isso? Do que adianta punir o agressor agrendindo-o? Isso não muda o fato de que sou a favor da pena de morte isso só vai fazer de você um agressor, porém que usa a multidão para se esconder e correr menos risco de ser apedrejado, ou seja, um agressor covarde.

Todo mundo vira “corajoso e justo” quando recebem suporte da maioria. Tipo de pessoa que é completamente diferente quando nignuém está “olhando” para ela.

Matheus Carvalho

, , , , ,

5 Comentários

%d blogueiros gostam disto: