Posts Marcados Religião

Qumran – O Livro de Gênesis

Bom galera, como havia dito, estou escrevendo um livro. Nunca escrevi um antes, e acaba se tornando um mistério para eu saber se está sendo bem escrito ou não. Opinião de amigos sempre tem um “quê” de puxa saquismo. Mas vocês, como bom leitores que são, adoram criticar, principalmente quando eu falo mal de religião, e eu gosto disso.

E adivinhem sobre o que o livro trata? Acertou quem disse Religião. Mas não pense que estou falando mal, muito menos bem, ou coisa do tipo. Pretendo “refazer a história” de um modo fantástico, envolvendo magia e características medievais, da época do surgimento do Protestantismo, época turbulenta na Europa. Mesmo que eu declare sempre que não gosto de religião, gosto do lado mítico dela. Sou fã de Mitologia Grega, da Nórdica, Egípcia e inclusive a Cristã.

Acabo atualizando pouco o blog por estar escrevendo esse livro, então pensei: “Por que não postar partes do livro no blog, sem revelar muito o enredo, e gerar posts com conteúdos ao tempo que faço uma propaganda do meu trabalho?”

Eis o resultado:

Era uma noite fria, e pouco iluminada pela luz da lua, que esta hora reinava sobre a Terra; seis pessoas estavam reunidas em um local que parecia estar abandonado. Trabalhos artesanais, jogados ao chão como se nada valessem; vitrais, que deveriam esbanjar cor e brilho, opacos e deteriorados; estátuas em estado avançado de corrosão, tornando impossível dizer a quem homenageavam.

Seis pessoas com trajes simples, equidistantes umas das outras e ao objeto que se localiza no centro, um altar, esculpido numa bela pedra. Em cima, um amontoado de panos, não qualquer, uma fina seda, usada somente pelas altas classes da sociedade. As pessoas sorriam e pareciam aguardar por algo, mas ao mesmo tempo em que demonstravam estar felizes e descontraídas, deixavam transparecer um semblante de quem se preocupa e tem medo. Mesmo sob a luz das tochas, que davam ao cenário um ar ainda mais sombrio, conseguiam transmitir paz umas às outras, sustentando um clima tranquilo e seguro.

O silêncio foi bruscamente interrompido pelo estrondo das portas sendo abertas como trovões. Apesar do barulho dos metais entrando em contato com o solo, com tremenda força, nenhuma reação foi vista dos seis primeiros que ali se encontravam, porém, o clima já não era mais o mesmo. “Revistem o altar”, gritou um dos que primeiro adentraram ao local.

Cada uma das cinco pessoas foi algemada por outras três, vestidas de nobres armaduras que reluziam em resposta à luz das tochas. A seda fora jogada ao chão e revelou-se como uma simples pilha de panos, ainda que valiosos. Era notável a cara de espanto, nada estava sob o pano. Logo o silêncio foi substituído por uma risada, vinda daquele que parecia comandar os soldados.

— Então é isso que têm a nos oferecer? Não vão nem ao menos reagir? —, reclamava o Capitão em tom de deboche mesclado com fúria. — Bom trabalho! —, disse olhando para o único, dentre as seis pessoas, que foi livrado das algemas.

_____________

Gostaria de ouvir a opinião de vocês, sobre o uso da linguagem, o tema, etc. Daqui um tempo postarei mais trechos, mas não será em ordem para não revelar muito sobre o enredo.

Matheus Carvalho

Anúncios

, , , , ,

5 Comentários

HomofobiaNÃO Vs. HomofobiaSIM

É isso mesmo que está rolando no Twitter. Parece que basta haver um pequeno gatilho para que pessoas mostrem ao mundo o quanto são preconceituosas e ignorantes. Felizmente não são todas assim.

Já me pediram para parar de associar coisas ruins à religião, até pensei que estava realmente exagerando, mas me enganei. Parece que tudo gira em torno da fé, do fanatismo. Assim como dizem que deus ama o pecador, mas não o pecado, penso em algo bem parecido, odeio a religião, mas não o religioso. Não todos. Acordem, vocês são milhares de vezes melhores que certas doutrinas que espalham por ai, como sendo “paz e amor”, mas que na verdade tratam sobre paz somente para com aqueles que seguem o mesmo pensamento que você. O resto? Que vá pro inferno. Literalmente.

Que amor é esse que aparece somente quando direcionado ao seu “irmão de fé”? Os que não compartilham da mesma filosofia não são seres humanos? O que você acha certo, tem que ser uma verdade universal? Digo, o que sua religiao acha certo; a maioria dos religiosos não questionam as coisas, simplesmente aceitam o que está nas escrituras “sagradas”.

O gatilho mencionado foi o fato de ter sido elaborada uma lei que garante o direito dos homossexuais. Um pouco diferente do caso dos “nordestitos”. Veja esse post caso não tenha entendido o por que de “nordestitos” = nordestinos.

Entenda o motivo da postagem:

Não sei como podem considerar isso como ‘sagrado. Queria saber como as pessoas ainda têm coragem de dar algo desse tipo para que seus filhos leiam. Merece pelo menos um “Puramente ficção” e “+18” na capa, não acham?

Veja os tweets que levam a tag #homofobiasim

Matheus Carvalho

, , , , ,

150 Comentários

PNDH 3 – Comentando os comentários.

Há muito tempo escrevi um post falando sobre o PNDH 3 – 3° Plano Nacional dos Direitos Humanos, que pode ser encontrado aqui, que é de onde os comentários, postados a seguir, sairam. Na época os tópicos principais do plano eram:

  • Profissionalização da prostituição
  • Descriminalizaçãodo aborto
  • Reconhecimento do casamento Homossexual

Sou a favor dos três tópicos. Sobre o aborto já fiz uma postagem, veja aqui. Sobre os outros dois, creio que as pessoas devam ser livres para tocar suas vidas da maneira que as façam felizes. Pretendo abordar futuramente os outros tópicos, mas vamos aos comentários que mais me chamaram a atenção.

“Me espanta, e muito, saber que o governo brasileiro quer transformar o nosso país em um estado LAICO. Se o querido presidente pensa que dessa forma o país vai melhorar de algum jeito, acredito que ele esteja redondamente enganado! Não é profissionalizando a prostituição ou proibindo exposição pública de símbolos religiosos que a situação social vai se abrandar, pelo contrário, só tende a piorar. A depravação sexual vai crescer de tal maneira que ninguém terá consiência de que isso é falta de vergonha na cara e que pode aumentar o número de portadores de doenças sexualmente transmissíveis, será que o governo vai pagar plano de saúde pra cada prostituta que se profissionalizar?!”

-Gabriela Prado

Primeiramente, a laicidade do Estado está prevista em lei e impõe uma separação do Estado de qualquer Religiosidade. Não deve ser confundido com Estado Ateu.Ser laico significa que deve-se tomar uma postura neutra se tratando de leis e decisões tomadas. Um exemplo de ato que fere a Laicidade do Estado pode ser encontrado aqui.

O segundo ponto é sobre a prostituição. “A depravação sexual vai crescer de tal maneira que ninguém terá consiência de que isso é falta de vergonha na cara”, alguém ainda acha que o sexo não é algo natural do ser humano? Não entendo a ideia que algumas pessoas têm sobre o sexo ser algo ‘puro e santo’,  mas por ser uma opinião, deve ser respeitada. Mas o que me intriga é o pensamento de que o risco de adquirir doenças sexuais teria de implicar na proibição da prostituição. É um assunto complicado de se falar sem que pareça estar levando para o lado da piada, ou sem parecer vulgar demais.Tentarei abordar isso em uma próxima postagem. Então,  vamos ao próximo comentário.

“Lei para ter casamento gay enquanto nada sustem a instituição família (é aquela dita célula da sociedade!!)?.É… que alguém irá se beneficiar com esta lei isso é certo.Tão certo quanto que a maioria vai se lascar,vai!!!E depois?…não teremos depois,teremos o fim.”

-O Pensador

O famoso argumento do “antinatural”, que trata o relacionamento homossexual como algo que não irá contribuir para a sobrevivência da espécie e irá nos levar à extinção. Agora eu pergunto, o Celibato é algo natural? Se permitissem o casamento homo, isso resultaria em um aumento dos casais pelo simples fato de tornar-se permitido? Você deixaria sua vida de hetero pelo simples fato de terem aprovado uma lei que permite este tipo de união? Certamente as respostas serão não. Uma última pergunta, você, leitor, somente faz sexo para se reproduzir? Então creio que o argumento “antinatural” seja apenas mais uma desculpa que as pessoas mais conservadoras usam para tentar interferir na vida alheia. Como dizem alguns, “God Hates Fags”, quanto amor ao próximo. Next.

 

“Cara, quero questionar uma coisa. Porque um Estado laico seria o melhor? Conheco inumeras pessoas que nao roubam, nem matam, ou, deixaram de matar, deixaram de roubar, porque acreditam em um Deus. Nao importa a religiao, mas afastar Deus da vida das pessoas so vai piorar – e muito – as coisas.
Acho que, por ora, este argumento ja e valido.
Grande Abraco.”

-Alan

As pessoas confundem um Estado Laico com um Estado Ateu. A laicidade não proibe ninguém de ter sua religião. Preciso lembrar quanta intolerância a religião gera? Quantos conflitos são fruto de mentes, que não pensam por si só, mas que refletem a total falta de amor ao próximo, trazida por religiões totalmente controversas, onde o próximo significa o ‘irmão que tem a mesma opinião que você’? Não estou dizendo de coisas antigas como Inquisição e o Holocausto, atual não precisa procurar muito para encontrar conflitos religiosos, há vários acontecendo neste exato momento.

E por último:

“Uma delas (leis) que eu gostaria de citar é a punição de pais que batem em filhos para educar. É uma liberdade total, a criança pode fazer o que quiser. Por isso surge cada PESTE neste país. A bandidagem só aumenta.
Isso tudo também me faz lembrar de algo que aconteceu não muito tempo atrás. A Segunda Guerra Mundial. Países nazistas e fascistas com suas leis insanas. Deus estava bem longe dessas leis. Homens egoístas que só pensavam neles mesmos eram os que controlavam esses países. Eles se faziam deuses.”

-lukinhasluca

Eu havia me esquecido sobre essa lei, e provavelmente farei um post sobre ela. Eu nunca precisei apanhar do meu pai, ou de quem fosse, para não virar um bandido ou um agressor de gente idosa. Quem diz “se meu pai não tivesse me corrigido dessa maneira, provavelmente eu seria um(a) marginal hoje” está claramente criando desculpas parar minimizar o sofrimento que isto causou/causa a ele(a).

Matheus Carvalho

, , , ,

22 Comentários

%d blogueiros gostam disto: