Viver pra que?

felicidade

As maiores perguntas feitas pela humanidade…Por que vivemos? Para onde vamos? Muitas pessoas acreditam que nascemos para cumprir um objetivo maior, algo que só nós possamos realizar. Antigamente até eu tinha essa visão, que nasci para realizar algo, e que não iria morrer antes de tê-lo feito, achava que as coisas aconteciam para me ensinar alguma lição, ou testar minha capacidade, e que a insistência faria tudo dar certo.

Acreditava no destino, e que todas minhas ações, independente de quais fossem, iriam me levar ao mesmo fim. Acreditava que o sofrimento era algo comum a todos, algo que faria cada pessoa amadurecer cada vez mais para enfrentar problemas cada vez maiores. Acreditava que desastres aconteciam para unir mais a humanidade, e nos alertar para algo maior. Acreditava em Papai Noel e tremia com histórias de terror, daquelas que os amigos contam somente para nos assustar.

Mas, quando o tempo passa, você vê que quase tudo não passou de ilusão, que seus momentos mais inesquecivéis foram construídos a base de mentiras, ou simplesmente foram banais demais para serem lembrados. Amigos que eram tidos como insubstituíveis, muitos deles se foram. Brinquedos, que eram super legais, e agora não passam de lembranças. Lembranças boas.

Não importa o quão maravilhoso algo foi no passado, e nada significa atualmente. O que realmente importa é os momentos que vivemos, e principalmente, com quem vivemos. Quando se tem amigos, tudo parece fazer sentido, mesmo que não haja sentido algum. Dizem que viver de lembranças é algo banal, mas o que estamos fazendo além de produzir lembranças para quando estivermos mais velhos? Mesmo que algo dure apenas alguns segundos, poderá ser lembrados por horas em uma roda de amigos, ou até mesmo anos. O primeiro beijo, a primeira briga, o primeiro coma alcoolico.

Saiba valorizar as pessoas que te amam, que se importam com você. Nada de esquecer do passado como dizem alguns, mas não se esqueça de produzir novas ‘futuras lembranças‘. Aprenda a valorizar cada momento e dizer sim às loucuras que te propuserem, talvez dê uma boa história futuramente. Vivencie novas situações, experimente novas sensações, e lembre sempre de ter alguém para compartilhar os melhores momentos. Não precisamos de um ‘por que’ para viver, devemos apenas viver. Que melhor motivo teria, do que ver alguém sorrindo por sua causa? Pare de querer achar motivo para fazer algo, simplesmente faça! Lembre-se que um dia você terá netos, quais histórias você contará para eles? Sua maravilhosa vida na adolescência, ou contos de ficção científica que podem ser econtrados em qualquer livraria?

Matheus Carvalho

Anúncios

,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: