Eu te digo sobre o amor.

Taí, esse é um assunto bem difícil de ser dito. Me diz quem nunca sonhou em encontrar um amor verdadeiro, daqueles impossíveis, tipo Romeu e Julieta, que ultrapassam barreiras e qualquer dificuldade só pra ter um final feliz? Se você conhece alguém que nunca pensou nisso, me desculpe, mas ele não deve ser desse planeta.

O homem desenvolveu mil maneiras de expressar culturalmente essa emoção e sem duvida o amor foi uma de suas invenções mais importantes. Isso mesmo, invenção, como dizem claramente os historiadores “O amor nasceu no Ocidente, muito ligado a obras de arte, e projeta uma relação especial entre duas pessoas, mais sublime e menos pautada pelo desejo sexual”. Esse sentimento tão importante e inevitável, que muitas vezes é confuso, fazendo com que não possamos interpretá-lo de maneira correta, podendo até causar muitos arrependimentos e dores.

Eu diria que a palavra chave para defini-lo seria NECESSÁRIO. Não importa o quanto ele faz feliz ou até mesmo triste, é necessário tê-lo em nossa vida, mesmo que seja de nossa vontade, é impossível viver sem ele. O amor cria uma atividade na mesma área do cérebro que a fome, a sede e as drogas pesadas. Novos amores, portanto, poderiam ser mais emocionais do que físicos. Ao longo do tempo, essa reação ao amor muda, e diferentes áreas do cérebro são ativadas, principalmente naqueles amores que envolvem compromissos de longo prazo.

Então quer dizer que o amor é um vício? E se realmente for, o amor é bom ou ruim? Porque além de muita felicidade ele pode trazer, como todos os outros vícios, muito sofrimento.

Joyce Maróchio

Anúncios

  1. #1 por Brendow Guimarães em 21/12/2009 - 23:00

    Muita vezes o amor acaba sendo a base de todo outro tipo de sentimento, como ódio, imagina vc ver sua namorada que tanto ama te traindo. Perdão, por amor vc pode esquecer certas coisas. Alegria, com certeza. Tristeza, ver um ente querido morrer. É uma coisa mto relativa e totalmente inevitável, vc nao controla, ele simplismente surge do nada, pode ser por uma pessoa, um amigo, e etc…

    • #2 por Ingrid Cardoso Da Silva. em 10/06/2010 - 19:12

      Brendow Guimarães :
      Muita vezes o amor acaba sendo a base de todo outro tipo de sentimento, como ódio, imagina vc ver sua namorada que tanto ama te traindo. Perdão, por amor vc pode esquecer certas coisas. Alegria, com certeza. Tristeza, ver um ente querido morrer. É uma coisa mto relativa e totalmente inevitável, vc nao controla, ele simplismente surge do nada, pode ser por uma pessoa, um amigo, e etc…

  2. #3 por joycemarochio em 22/12/2009 - 11:36

    Concordo plenamente primo, afinal de contas, o amor é a base de tudo.

  3. #4 por wellington em 28/12/2009 - 13:31

    Realmente é muito dificil falar sobre o amor!
    Mas apesar dos contratempos ainda é o melhor sentimento que pode muda o mundo!
    Obrigado pela visita e parabens pelas matérias!

  4. #5 por paulopaiva em 26/08/2010 - 19:20

    amor dificio de compriender certo é complicado

  1. Novo Membro. « Eu te digo'

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: